Gluteoplastia

gluteoplastia

A cirurgia de gluteoplastia é um dos procedimentos estéticos mais procurados no Brasil e, desperta grande interesse em todos que desejam ter um bumbum maior, mais durinho e bonito. Por isso, vale a pena conhecer um pouco mais sobre este tema.

Assim, a gluteoplastia pode ser descrita como um procedimento que visa implantar próteses de silicone. Elas são especialmente confeccionadas para serem utilizadas nos glúteos por meio de uma cirurgia com duração aproximada entre uma e duas horas.

Essa cirurgia é indicada para pacientes que desejam aumentar o tamanho dos glúteos, além de pessoas que perderam muito peso e, agora, sofrem com a flacidez excessiva causada pelo excesso de pele decorrente da perda de gordura corporal.

Por ser um procedimento cirúrgico, é necessário realizar exames pré-operatórios para investigar o estado de saúde do paciente. Já, pessoas que tomam medicamentos controlados e possuem doenças pré-existentes devem conversar antes com o médico.

É comum a dúvida sobre como é feita a cirurgia de gluteoplastia. Assim, conheça todas as etapas que integram a realização deste procedimento:

  1. Depois de realizar os exames necessários e agendar o procedimento, o  paciente deve ir ao hospital no dia e hora marcados;
  2. Todo procedimento é realizado sob anestesia. Esta pode ser geral, peridural ou raquimedular. Assim, é importante conversar com o médico sobre o tipo mais indicado e confortável ao paciente nas consultas que precedem a cirurgia;
  3. Durante a operação, é feita uma incisão no sulco localizado entre os glúteos para inserção da prótese, que é posicionada dentro do músculo glúteo maior. Este, além de protegê-la, torna-a imperceptível ao toque;
  4. A incisão é suturada e o paciente ainda permanece internado por até 24 horas para se recuperar da anestesia, receber mais orientações e se sentir seguro para voltar para casa.

É comum a dúvida sobre como é feita a cirurgia de gluteoplastia. Assim, conheça todas as etapas que integram a realização deste procedimento:

  1. Depois de realizar os exames necessários e agendar o procedimento, o  paciente deve ir ao hospital no dia e hora marcados;
  2. Todo procedimento é realizado sob anestesia. Esta pode ser geral, peridural ou raquimedular. Assim, é importante conversar com o médico sobre o tipo mais indicado e confortável ao paciente nas consultas que precedem a cirurgia;
  3. Durante a operação, é feita uma incisão no sulco localizado entre os glúteos para inserção da prótese, que é posicionada dentro do músculo glúteo maior. Este, além de protegê-la, torna-a imperceptível ao toque;
  4. A incisão é suturada e o paciente ainda permanece internado por até 24 horas para se recuperar da anestesia, receber mais orientações e se sentir seguro para voltar para casa.

 

Como todo procedimento cirúrgico, a gluteoplastia demanda alguns cuidados para uma recuperação mais rápida, cicatrização tranquila e resultados reais.

Assim, os cuidados e detalhes do pós-operatório que devem ser tomados pelos pacientes depois da colocação da prótese nos glúteos são:

Manter repouso por no mínimo duas semanas. Depois desse período, é recomendado evitar esforços significativos e ter cuidado ao caminhar e se sentar, assim como dar passadas curtas e sentar-se em superfícies mais firmes e com a coluna ereta;
Passado um mês (cerca de 30 dias), o  paciente já pode voltar a deitar de costas e realizar atividades como dirigir ou permanecer mais tempo sentado;
Depois de 45 dias a volta às atividades corriqueiras já é liberada;
Após dois meses, os pacientes que se submeteram à gluteoplastia podem voltar a praticar exercícios de intensidade leve a moderada;
O resultado definitivo normalmente é visto após oito meses da realização da cirurgia.

Vale lembrar que é normal sentir alguma dor ou desconforto alguns dias depois da realização do procedimento. Para saná-la, o médico costuma receitar alguns medicamentos, como analgésicos orais.

Outro ponto importante é que o uso de cinta modeladora é recomendado por até 30 dias depois da realização da cirurgia. Ela colabora para aliviar a tensão no local, evitar lesões e o contato direto das roupas com a cicatriz,  sem contar que incentiva uma postura mais ereta.

Por fim, depois da colocação das próteses de silicone nos glúteos, os pacientes não poderão mais tomar injeções no bumbum, pois o medicamento seria injetado na prótese e não no organismo, logo, não faria efeito nenhum.

Não! Essa é uma pergunta comum, mas não é possível sentir a prótese pois ela é inserida dentro do músculo glúteo maior. O músculo irá revestir a prótese tanto para protege-la de impactos, quanto a sensibilidade ao tato.

A cicatriz da gluteoplastia é imperceptível. Ela fica escondida entre as nádegas e geralmente tem cerca de 7 centímetros, sendo bem discreta.